terça-feira, 3 de março de 2015

AMOR | O Golpe Final


Nada do que eu faço te vai mudar, te vai impedir de fazer alguma coisa que queiras muito. Eu não sou suficientemente importante para ti. Percebi isso na noite em que me abandonaste. Na noite em que todas as estrelas do céu se apagaram, em que a lua não quis aparecer dando lugar a uma noite escura, arrepiante, insuportável... Era como se nunca mais acabasse. As horas teimavam em não passar, pelo menos aos ritmo que eu tanto queria. Como eu queria que aquela noite acabasse. Pela dor, pela mágoa, pela desilusão que me trouxe...

É como cair num poço : é profundo mas sempre se vê a luz do dia. Aconteceu comigo naquela noite sombria. Embora fosse tão destinada ( e por fim confirmada) a ser terrivelmente dolorosa, eu sempre tentei ver do fundo do poço, a luz das estrelas que se apagaram, porque eu só queria deixar de sentir aquela maldita dor. A dor de não te ter comigo, a dor de me teres falhado, a dor de todas as dores que algum dia tive.

Rejeitado? Abandonado? Pensei nisso umas quinhentas vezes, dominado por uma raiva imensa. 
Contudo, e no final da noite já quase dia, o que eu sentia mesmo era medo. O medo de não te ter tido naquela noite, a dor de não ter sido capaz de ter dizer o quão assustado estava... mas também a dor de perceber que não és quem eu sempre sonhei, e que afinal, eu apenas fui mais uma bola do teu fantástico malabarismo. Foi pena eu te ter escorregado das mãos, logo no dia em que tinhas o truque ( a teu ver) perfeito para me surpreender... ou talvez não. Ganhei eu, não que isso importasse. Mas ganhei... Adiantei-me no truque e dei o golpe final: não deixei que me fizesses passar figura de parvo, aquilo que tu tanto querias assistir.

4 comentários:

Carolina. disse...

Devias escrever mais vezes :)

Chris Eldridge disse...

Existe quem diga que o amor é a melhor coisa do mundo, eu sinceramente não concordo ... prefiro outros sentimentos como a amizade e outras coisas, o amor é cruel e muitas vezes nos leva ao sofrimento.

Kiara disse...

Adorei este texto, mesmo, mesmo!
r: Eu não estava a pensar que estava grávida... mas já vi que há quem ache que sim, e já acrescentei um P.S. ao post sobre isso xb

Sys Arancia disse...

Wow, gostei bastante.
kiss na cheek