sábado, 20 de dezembro de 2014

Coração apertado


Estou de coração apertadinho.
O Tchico já foi e eu estou tão mas tão triste. 
Eu sei que ele vai ler isto e achar estranho pois disse-lhe que estava bem. E hei-de ficar! No dia em que ele regressar e não estar separada dele por milhares de quilómetros. 
Mas não posso ser egoísta. Ele precisa de lá estar, ele precisa da família e lá longe que eles estão. 
Serei suficientemente capaz de superar a distância, eu sei que sim, mas vou andar de queixo caído e de lágrima no canto do olho cada vez que me falem dele. 
Dói, mas é uma dor suportável!

7 comentários:

Italiana. disse...

força*

Daniela Costa disse...

A distância é tão complicada :s Mas tudo se há-de resolver (:

Relativamente ao filme, vale mesmo mesmo mesmo a pena!

Daniela Costa disse...

Enganei-me na última parte do comentário querida!
Correção: Eu gostava de ter tido coragem para dizer não mais vezes. Ainda ontem precisava de ter dito 4 vezes e não o fiz. Porque há pessoas que têm uma lata desgraçada. Nunca falam connosco, mas no final do semestre pedem os nossos apontamentos e ainda pedem para resolver os testes online que temos que fazer. Eu fico passada completamente. E ontem precisava de ter dito 4 nãos e só disse um. Acho que já foi um pequeno passo.

Adelisa M. disse...

R: obrigada :)

Effy Stonem disse...

Oh pequena, entendo que custe. Mas tudo vai correr bem e quando menos esperares ele está contigo outra vez.

Márcia Soares disse...

Como eu te compreendo!
Estou a seguir o blog,
Beijinho, Márcia*

http://inthemoonlightshadow.blogspot.pt/

A. disse...

Quando deres por ela, já ele está ai de novo contigo :)