terça-feira, 13 de maio de 2014

Conversas de Varanda | Porque a dúvida, faz esquecer o perdão.


Se por detrás da cortina está onde começa o teatro, pela frente dela está a vida real. Pura e dura. Inesperada e surpreendente. Por vezes terrível, por vez a melhor do mundo. 
O ser humano tem a estrondosa capacidade de perdoar.  De dar segundas oportunidades. Porque magoar e ser magoado faz parte da vida. Toda a gente já perdoou pelo menos uma vez na vida, já disse " Eu perdou-o mas promete-me que não tornas a fazer". E muitas das vezes perdoamos sob a nossa maior ingenuidade, na certeza absoluta de que aquela pessoa jamais cometerá novamente aquele erro que nos levou a perdoar-lhe. O ser humano também é estupidamente ingénuo por vezes!

Nós mulheres, somos criaturas especialmente duvidosas, desconfiadas e controladoras. Achamos que temos sempre que saber tudo. Para onde vai, onde está, para onde quer ir ou com quem está. Gostamos de ter sempre tudo controlado. Gostamos de ter o controlo. Como se mandássemos em algo ou alguma coisa. 
Somos seres estupidamente estúpidas por ser assim, mas não o conseguimos evitar. Desde cedo ouvimos o nosso pai, macho e chefe lá da casa, relembrar quanto os homens conseguem ser maus, conseguem enganar e desfazer corações. Partimos desde pequeninas com o pressuposto que partirem-nos coração é quase inevitável na nossa vida. Mesmo quando estamos enamoradas, com o coração a saltitar e com sonhos cor de rosa cada vez que nos deitamos na almofada.

Saber perdoar é a maior arte que esta vida nos apresenta. E aprendê-la de forma segura, concreta e certa é aquilo que poucos de nós o sabem fazer. Perdoar não é sou dizer " Sim, eu perdo-o" , " Sim, eu continuo aqui!". Perdoar vai muito para além disso. Manusear a nossa vida depois de perdoar não é igual. Há que ser convicto, de ideias fixas, de certezas! 

Porque a dúvida,  faz esquecer o perdão.


8 comentários:

Nada disse...

Perdoar é mentirmos que as coisas vão ser diferentes...já o fiz e sei que as pessoas não mudam...mesmo que o façam as lembranças assombram-nos e nunca nada vai ser igual. Enfim...é perdoar para descanso da alma mas seguir por outro caminho =)

JS disse...

Saber perdoar é uma virtude que nem todas as pessoas possuem. :)

Aricia disse...

Concordo contigo.

Dama disse...

No último mês reflecti bem sobre isto de perdoar. Acabei por fazê-lo e sentir-me bem mas por vezes o maior perdão é feito em silêncio.

Hibiscus disse...

A dúvida faz mesmo esquecer o perdão. Por vezes é preciso saber perdoar porque não somos perfeitos e por vezes um passo em falso, um erro, pode acontecer a qualquer um :)

A disse...

Eu faço parte do grupo de pessoas que perdoa demasiadas vezes e muito facilmente, e só me prejudica.

Bu' disse...

Adorei completamente.
E concordo totalmente!

P' disse...

Concordo com tudo. principalmente com a parte de que nós mulheres temos sempre a mania de querer controlar tudo. Eu tenho isso, mas sei lá, não consigo evitar. Já tentei mas é impossível.