quinta-feira, 23 de abril de 2015


Tenho dezenas de textos escritos. Carregados de sentimentos e emoções que certamente nunca mostrei a ninguém. Guardo-os por saber que quem quer que fosse que os lê-se jamais perceberia o que neles depositei. 
Para muitos são meramente palavras, que todas juntas formam frases que não passam de clichés. Para mim, são a construção daquilo que sou hoje, a minha identidade, escrita e relatada por mim. Por quem melhor me conhece: eu mesma.

Um dia revelo tudo o que um dia senti e que só a escrita me salvou de não ter tomado piores atitudes. 

5 comentários:

White Raven disse...

É escrita é libertadora e é uma óptima conselheira. Ajuda-me imenso a viver com determinadas situações. :)

Inês disse...

Às vezes é importante guardarmos alguns textos só para nós. Sejamos nós as autoras deles ou não :)

Daniela Costa disse...

Eu também tenho textos assim :) Um dia revelei a alguém que na altura era muito próximo de mim e agora goza-me com isso. Jurei que nunca mais mostraria nada a ninguém!

Rititi disse...

A escrita é uma terapia potentissima! Adoro :)

Jota disse...

É como a Inês diz, às vezes é importante guardarmos alguns textos só para nós :) Compreendo-te perfeitamente.